Vape vazando ou espirrando líquido na boca: como consertar?

0
929
Vape vazando ou espirrando líquido na boca

Você junta dinheiro e compra seu vape, depois de um tempo começa a perceber o vape vazando ou espirrando líquido na boca. É tudo parte do processo, certo? Não necessariamente. Há muitas coisas que você pode fazer para reduzir esses problemas ao mínimo. Esteja você usando um atomizador reconstruível, tanque de vapor normal ou até mesmo um aparelho Pod, essas dicas irão garantir uma experiência tranquila e são aplicáveis ​​a uma variedade de dispositivos.

Não há nada pior do que derramar seu melhor juice nas mãos. Recentemente, os fabricantes têm redesenhado alguns de seus tanques mais recentes para combater vazamentos e outros problemas irritantes, como os spitback(espirrar líquido na boca). Não importa o tipo de dispositivo de sua preferência, tem o vape vazando ou espirrando líquido na boca? Neste artigo vamos tentar te ajudar para resolver este problema.

O que está significa vazar(Leaking) ?

Vape vazando ou espirrando líquido na boca - Significa

O vazamento também conhecido popularmente como “leaking” acontece quando o líquido escapa do tanque, geralmente através do sistema de fluxo de ar. Dependendo da razão por trás disso, o vazamento pode variar de algumas gotas de e-líquido, até ter seu tanque esvaziando todo o seu conteúdo no aparelho todo. É um problema comum até mesmo com os tanques sub-ohm mais populares. Os mais vendidos dos anos anteriores têm incomodado os vapers com vazamentos devido a omissões de design ou erros comuns do usuário. Muitos dos tanques mais novos são projetados para evitar isso, embora nenhum tanque seja 100% à prova de vazamentos.

Embora existam alguns culpados comuns, a boa notícia é que existem maneiras de evitar que o vazamento aconteça. Primeiro, começaremos com algumas dicas gerais e, em seguida, entraremos em mais detalhes, dependendo do aparelho que você está usando.

Como evitar vazamento

Verifique seu lacre – Parece óbvio, mas certifique-se de que seu tanque está bem preso. Às vezes, se você estiver com pressa, pode passar a rosca cruzada na tampa superior ou esquecer de enroscá-la com força suficiente. Isso pode fazer com que o líquido vaze pelas aberturas. Em primeiro lugar, certifique-se de que as roscas estão sincronizados e bem fechados, mas não muito apertados. Encontre esse ponto ideal. Se as roscas estiverem cruzadas, aparafuse novamente com cuidado.

Remova o líquido do bocal – Todos os tanques possuem um tubo de fluxo de ar central que vai do corpo do tanque até a ponta de gotejamento, conhecida como bocal. Às vezes, você pode colocar o líquido dentro desse tubo por acidente, o que geralmente leva a gorgolejo e vazamento. Se isso acontecer com você, limpe-o com uma toalha de papel antes de vaporizar.

Mantenha seu tanque na posição vertical – Alguns tanques não são construídos para ficar de lado por longos períodos de tempo. O líquido pode começar a vazar pelos orifícios de fluxo de ar se você deixá-lo assim durante a noite. Tente manter o vaporizador posicionado verticalmente se não for usá-lo por longos períodos de tempo.

Verifique se há o-rings gastos ou danificados – Uma causa bem comum de vazamentos. Desmonte o tanque, remova os anéis de vedação e examine-os de perto. Procure sinais de desgaste, anéis de vedação quebrados ou ausentes. Essas coisas podem comprometer a vedação de ar do tanque. Felizmente o-rings são baratos, apenas certifique-se de obter o tamanho certo. Se você ainda estiver com o kit em que o tanque veio, ele pode ter vindo com um conjunto extra de anéis de vedação específicos para o seu dispositivo.

Coloque uma tampa nele – Se você deixar um tanque sem a tampa superior, ele vazará pelos orifícios de fluxo de ar. Isso se deve à natureza pressurizada dos tanques. Certifique-se de que seu tanque esteja vazio se você planeja deixar a tampa superior aberta por longos períodos de tempo – qualquer coisa mais do que o necessário para enchê-lo. Fechar o fluxo de ar também funcionará, mas não é tão infalível.

Verifique o fluxo de ar – certifique-se sempre de que os orifícios de fluxo de ar estejam totalmente fechados ao encher. Quando em uso, certifique-se de que o fluxo de ar está aberto o suficiente para permitir que você vaporize sem ter que inspirar fortemente. Se você inalar com muita força, você corre o risco de trazer muito líquido para a coil, o que pode causar vazamento

Cuidado ao encher – Nunca encha demais o tanque. Sempre deixe uma pequena bolsa de ar no topo ao encher. Este espaço vazio ajudará a evitar que qualquer líquido vaze. Além disso, certifique-se de não enchê-lo muito rapidamente ou você pode correr o risco de inundar o tanque.

Verifique se há rachaduras – Verifique se há rachaduras ou outros danos no tanque. Uma fina rachadura no vidro ou um pedaço de metal dobrado pode significar que o tanque não é mais hermético, permitindo que o líquido vaze para a válvula do orifício de ar. Se o seu vidro estiver rachado, geralmente é uma solução barata e simples comprar um substituto.

Use o líquido certo – Para coils que requerem muita energia, qualquer coisa abaixo de 70% VG tem uma boa chance de vazar devido à fina viscosidade de PG. Uma boa regra prática é que os grandes dispositivos como os do tipo Mod funcionam bem com 70% de VG (apenas 30% de PG) e acima, e os dispositivos MTL geralmente são bons até 70% de VG. Sempre olhe para o rótulo do líquido para determinar sua proporção PG / VG.

Verifique as coils – Como acontece com a maioria dos produtos produzidos em massa, sempre haverá alguns defeitos. Em alguns casos, a coil pode ter falhas de fabricação que a impedem de reter o líquido corretamente, fazendo com que o tanque vaze. Primeiro, certifique-se de que a coil está aparafusada corretamente e, se estiver, simplesmente substitua a coil – de preferência por uma de um lote diferente daquele que você está usando atualmente. Se o problema persistir, a complicação provavelmente se deve a uma das outras questões abordadas aqui. Você pode até tentar comprar as coils de um fornecedor diferente para evitar a possibilidade de obter outro lote ruim.

Coloque o algodão com cuidado – isso só se aplica a atomizadores reconstruíveis que exigem que você mesmo os aplique. Absorver um RTA pode ser complicado: certifique-se de usar algodão suficiente, ou vai correr o risco de ter vazamento. O objetivo é prender o algodão nas entradas da resistência sem encher. Isso pode exigir algumas tentativas e erros, dependendo do atomizador que você está usando.

O que significa espirrar e estourar(Spitback)?

Vape vazando ou espirrando líquido na boca - Spitback

Espirrar e estourar, conhecido popularmente como “spitting ou spitback” é o nome para as gotas superaquecidas ocasionais de líquido que disparam em sua boca quando você está vaporizando. Se você observar o disparo de uma coil RDA, às vezes poderá ver isso acontecendo, geralmente acompanhado por sons de estouro. As gotículas espirram em todas as direções, mas se você não tiver sorte, algumas delas podem saltar para a boca.

O spitback tem uma causa simples: o e-líquido se acumula na própria coil e é “cozido” em vez de vaporizado. Ele cospe de maneira semelhante à água fervente. O problema está intimamente ligado às coils inundadas, mas, em alguns casos, pode acontecer mesmo sem inundação. Aqui estão algumas maneiras de evitar a ocorrência disso.

Como evitar o spitback?

Não sobrecarregue sua coil – “Preparar” sua bobina é o processo de pingar manualmente o líquido no algodão antes de usá-lo pela primeira vez. Se você colocar muito líquido no tanque, pode facilmente causar problemas de inundação e respingos. Não exagere. Encontre o seu equilíbrio. É melhor dar ao algodão tempo para saturar, em vez de acelerar o processo.

Reduza o fluxo de ar – inalar com muita força ao vaporizar incentiva a inundação, literalmente puxando mais líquido para dentro da câmara. Isso é fácil de resolver: inspire mais suavemente, deixando a bobina e o algodão fazerem o trabalho por você. Se você ainda estiver tendo problemas, tente reduzir a configuração do fluxo de ar. No entanto, se você reduzir o fluxo de ar, tome cuidado para não inspirar com muita força para compensar – isso só pode piorar o problema.

Use e-líquidos mais espesso – PG é mais fino em consistência do que VG. Isso significa que os líquidos com alto PG são mais propensos a inundar um atomizador do que os com alto VG. Se você está tendo problemas de spitback, mudar para um líquido com alto VG pode resolver o problema, desacelerando sua absorção.

Pressionar o botão de disparo – se você preparou ou gotejou demais basta apertar o botão de disparo algumas vezes antes de começar a inalar. Os sons de estalo devem diminuir, deixando o zumbido comum da vaporização. Neste ponto, você pode tragar sem medo de espirrar.

Aumente a energia – Se sua potência estiver muito baixa, você pode não vaporizar o e-líquido tão rapidamente quanto seu algodão o fornece. Tente aumentar de 5 a 10 watts se estiver usando um mod de potência variável.

Experimente outro bocal – Se você tiver um atomizador 510, experimente um bocal anti-espirro. Os designs angulares tornam mais difícil para o líquido espirrar até a boca. Bocais mais longos, especialmente se forem curvas ou dobradas, resolvem o problema da mesma maneira.

Limpe o bocal – embora inundações sejam a causa mais comums, o problema também pode ser agravado pela coleta do líquido no bocal, que eventualmente retorna para a coil. Isso pode ser consertado facilmente: pegue um papel de seda enrolado, remova o bocal e insira-o na parte interior. Isso absorve o excesso de e-líquido, reduzindo a chance de espirrar.

Conclusão

Às vezes, a solução de problemas é necessária para uma experiência tranquila. Existem tantas causas para vazamentos e espirros de líquidos, mas são totalmente evitáveis. Comece com as soluções simples primeiro e, se não funcionarem, passe para medidas mais drásticas. Se tudo mais falhar, você pode precisar de um tanque ou dispositivo totalmente novo.

É bom saber que os fabricantes estão acordando para esses problemas comuns. À medida que as medidas anti-espirro e anti-vazamento se tornam mais difundidas, podemos estar entrando em uma nova era de vaporização. Se a tecnologia continuar progredindo, problemas como esses podem se tornar uma coisa do passado algum dia. Enquanto isso, não deixe que esses inconvenientes o impeçam de desfrutar de uma alternativa muito melhor do que fumar cigarros.