Temperatura ideal para vaporizar e-líquido, maconha e concentrados

0
3794
Temperatura ideal para vaporizar e-líquido, maconha e concentrados

Qual a temperatura ideal para vaporizar e-líquido, maconha e concentrados? Muitos vapers geralmente mais experientes gostam de usar dispositivos que lhes dão mais controle sobre o desempenho do aparelho e hoje no mercado muitos dispositivos tem o TC(Controle de Temperatura).

Enquanto alguns cigarros eletrônicos ou vaporizadores vêm programados com temperaturas pré-definidas, alguns dão aos usuários a capacidade de escolher um grau exato de uma ampla gama. Isso permite que o vaper personalize sua experiência ao seu gosto.

No entanto, pode ser difícil encontrar a temperatura perfeita. Neste artigo vamos ajudar você a encontrar as temperaturas ideais para e-líquido, maconha e concentrados e buscar o sabor perfeito sem queima-lo.

Por que saber a temperatura ideal de vaporização é importante?

Saber a temperatura ideal é importante por três razões:

  • O vaper vai provar e sentir o melhor sabor. Vaporizar a uma temperatura muito alta vai resultar em um sabor queimado. Vaporizar em uma temperatura muito baixa resultará em “kicks” fracos que não têm muito sabor.
  • A segunda razão diz respeito à conservação. Vaporizar a uma temperatura muito alta usará mais líquido, concentrado ou erva do que normalmente é necessário. Como e-líquidos, concentrados e ervas são caros, é importante usá-los de maneira eficiente. Além disso, não desperdiçar durante uma sessão também aumentará a quantidade de tempo que uma sessão pode durar antes que um vaporizador ou cigarro eletrônico precise ser reabastecido.
  • Por fim, encontrar temperaturas ideais é importante para evitar efeitos colaterais indesejados. Vaporizar fora de um intervalo de temperatura recomendado pode levar a conseqüências relacionadas à saúde.

No geral, é sempre do interesse encontrar a temperatura ideal para o meio em que estão sendo vaporizados. Sua saúde e paladar agradecem.

Melhor temperatura para e-líquidos

Temperatura ideal para vaporizar e-líquido, maconha e concentrados

O e-líquido, também conhecido como juice são usados em todo os tipos de cigarro eletrônico. Muitos dispositivos como os Mods Boxs permitem que os vapers selecionem uma temperatura exata com o controle de temperatura(TC), mas na maioria das vezes, eles são controlados por meio da potência.

Uma potência é uma unidade de energia que é fornecida às bobinas. O calor aumenta com o tempo quando a potência é aplicada. Configurações mais altas de potência farão com que a temperatura definida aumente mais rapidamente. Como o interior aquece mais rápido, o vapor aumenta, é assim que o e-líquido e outros meios são vaporizados. O e-liquido é transformado em vapor.

A temperatura padrão para e-líquido é de 100-250 °C (212º-482º F) . Dito isto, a parte inferior deste intervalo (100 °C a 150 °C) provavelmente deve ser evitada. Vaporizar a um nível tão baixo produzirá vapor fraco e sem sabor. O melhor para começar é 150 °C , que ainda é uma temperatura relativamente baixa para vaporizar e-líquidos. Na faixa média de 215 °C irá fornecer um bom vapor, mas substancial. A consistência do vapor parecerá fina e refrescante e será mais suave.

Baixos a médios níveis irão ter o melhor sabor. Se isso não for calor suficiente, tente uma temperatura na faixa superior. Temperaturas que variam de 214 a 230 °C geralmente fsão bons e não muito quentes. Acima de 230 °C o e-líquido perderá a maior parte do seu sabor e, potencialmente, deixará o sabor queimado. Com um dispositivo de baixa qualidade, essas altas temperaturas provavelmente causarão muita tosse também.

Melhor Temperatura para Concentrados

Temperatura ideal para vaporizar e-líquido, maconha e concentrados

Seja com um pequeno vaporizador, um vaporizador portátil ou vaporizador de mesa, certos níveis de aquecimento terão os mesmos efeitos em concentrados. A maioria dos vaporizadores destinados ao uso com cera terá um intervalo que começa em torno de 158 °C (315 °F). Isso ocorre porque a cera não se vaporiza até se aproximar de 158 °C .

Um bom intervalo para concentrados é geralmente entre 158 e 230 °C (315 a 450 °F ). O grau exato que um vaper escolhe nesse intervalo varia de acordo com a preferência. O meio desse intervalo fornecerá o melhor sabor e consistência. Configurações mais baixas serão menos potentes, mas potencialmente mais refrescantes, e temperaturas mais altas parecerão mais intensas.

As pessoas muitas vezes vaporizam seus concentrados a temperaturas mais altas porque estão sob o pressuposto de que isso torna os efeitos mais fortes. Na verdade, vaporizar em altas temperaturas são menos potentes e potencialmente mais perigosos.

É por isso que a maioria dos vaporizadores portáteis que vaporizam a cera o fazem em graus abaixo de 220 °C (430 °F) . No entanto, é uma boa ideia manter a cera com uma temperatura média, como 185 °C (365 °F ). Isso garantirá a mais pura e saborosa sessão. Ele também garantirá uma melhor saúde durante a experiência.

Melhor Temperatura para Maconha

Temperatura ideal para vaporizar e-líquido, maconha e concentrados

Quando você vaporiza a maconha é importante lembrar que temperaturas diferentes trará consistentemente efeitos diferentes. Especialmente efeitos de CBD e THC. Quando o calor é aumentado, a erva está sendo vaporizada mais rapidamente, e mais dela está sendo vaporizada de uma só vez. Mais CBD e THC entrarão no vapor.

Os efeitos da erva em baixas temperaturas será muito menos intensa do que os efeitos em altas temperaturas. O melhor para começar para aqueles que querem vaporizar a erva seca a uma temperatura baixa, como concentrados, é 158 °C (315 °F). A experiência nesta temperatura produzirá alguns efeitos menores, mas nada muito forte. Alguns usuários gostam de vaporizar em torno dessa temperatura durante o dia e, em seguida, aumentam sua temperatura à noite.

188 °C a 195 °C (370 °F a 380 °F) é uma temperatura média onde muitas pessoas encontram o seu ponto ideal e não vaporiza mais ervas do que o necessário além de serem menos propensos a tossir nesta faixa do que a temperaturas mais altas. Embora aumentar para 200 °C (390 °F) pode ser necessário para alguns.

Isso ocorre porque é necessário um calor de pelo menos 200 °C (390 °F) para vaporizar o CBD e o THC. É só depois que os vapers atingem essa temperatura definida, eles podem realmente otimizar a absorção de CBD e THC nos pulmões. No final de uma sessão, os vapers podem aumentar um pouco sua temperatura. O mais alto que um vaper deve vaporizar é 220 °C (428 °F). O usuário terá sido capaz de extrair todos os possíveis efeitos do CBD e THC em sua erva se eles começarem baixos e chegarem a essa temperatura.