Fumantes que mudam para o cigarro eletrônico tendem a parar de fumar, revela novo estudo

0
547
Fumantes que mudam para cigarro eletrônico tendem a parar de fumar

Um estudo recente com 3868 vapers regulares indicou que os fumantes que mudam para cigarro eletrônico tendem a parar de fumar, e que os usuários de cigarros eletrônicos, que são ex-fumantes, provavelmente voltarão a fumar ao abandonar o dispositivo.

O estudo foi conduzido pelo Instituto de Saúde Global(Institute of Global Health), da Faculdade de Medicina da Universidade de Genebra, na Suíça, e publicado na revista Nicotine and Tobacco Research.

O pesquisador usou uma pesquisa online de 3868 vapers regulares para avaliar a mudança nos comportamentos ao longo do tempo.  A maioria dos entrevistados eram ex-fumantes(77%) e usuários diários de cigarros eletrônicos(89%).

Aos entrevistados foram solicitados responder uma pesquisa online 5 vezes durante 12 meses, e a pesquisa analisou padrões de uso entre usuários exclusivos de cigarros eletrônicos, usuários de cigarros eletrônicos que pararam de vaporizar e ex-fumantes que recaíram ao tabagismo.

Os resultados indicaram que, ao longo de 12 meses, o prazer tornou-se gradualmente o motivo mais frequentemente citado para vaporizar(93%), enquanto que vaporizar para reduzir o desejo por cigarros diminuiu gradualmente de 87% para 56%. Em vapers que eram ex-fumantes, a concentração de nicotina dos líquidos eletrônicos usados ​​diminuiu com o tempo de 12 para 9 mg/ml, mas os “tragos” por dia permaneceram estáveis ​​em 200 baforadas.

A maioria dos ex-fumantes usam cigarro eletrônico para parar de fumar

Após 12 meses, 9% dos 687 ex-fumantes recaíram ao tabagismo e 28% dos 64 fumantes diários que eram usuários duais pararam de fumar. Além disso, quando ex-fumantes pararam de vaporizar, eles tenderam a recair ao tabagismo. Da mesma forma, quando ex-fumantes recaíram ao tabagismo, eles tenderam a parar com o cigarro eletrônico.

O estudo concluiu que o gozo e a prevenção de recaída tendem a ser os motivos mais comuns para usar os cigarros eletrônicos. Mais importante, as taxas de recaída para o tabagismo foram baixas em ex-fumantes que usaram cigarro eletrônico, e as taxas de abandono foram altas entre os fumantes atuais que começaram a vaporizar. Além disso, ex-fumantes que abandonaram os cigarros eletrônicos tenderam a voltar ao hábito de fumar.