Fatos pouco conhecidos sobre vaporizadores de ervas

0
4849
Fatos pouco conhecidos sobre vaporizadores de ervas

Todo mundo sabe que vaporizadores de ervas secas são uma maneira eficiente e econômica de desfrutar sua erva. No entanto, existem alguns fatos pouco conhecidos sobre vaporizadores de ervas que você precisa saber antes de comprar um.

Os bons vaporizadores de ervas secas não queimam a erva, “cozinham” ela

É um equívoco comum falar que vaporizadores criam vapor queimando a erva colocada dentro deles. Se fosse esse o caso, estaríamos falando de fumaça, não de vapor. A verdade é que a maioria dos dispositivos disponíveis atualmente usa aquecimento por convecção, o que significa que não há contato direto entre a erva e o elemento de aquecimento. Alguns vaporizadores inferiores ainda usam a condução (contato direto, portanto, queima fácil), mas eles estão sendo eliminados lentamente.

Aquecimento por convecção significa que a erva é “cozida”, todo o material bom evapora e é inalado, mas a erva nunca queima. A pesquisa mostrou que o nível de inalação de THC permanece o mesmo, mas com muito menos toxinas poluindo o vapor. Isso garante uma experiência mais limpa e segura.

Caso queria saber mais como funciona o vaporizador de ervas clique aqui.

Vaporizadores de ervas ajudam a mascarar o odor

A maioria das pessoas está extremamente consciente do fato de que fumar cria um odor difícil de ser notado. Com vaporizadores, esse odor é muito menos evidente.

“Cozinhar” em um dispositivo aquece o material muito rápido, às vezes em menos de 10 segundos. O cheiro geralmente associado à queima de ervas não tem tempo para se formar e se espalhar, especialmente porque todo o vapor é inalado imediatamente.

Os melhores vaporizadores para ervas geralmente criam muito pouco odor. Ainda assim, é importante notar que o cheiro não é completamente evitável.

Você pode controlar o seu vaporizador de ervas

Existe aplicativo para tudo nos dias de hoje, cozinhar, fazer compras, namorar; nós nos transformamos em uma sociedade obcecada por aplicativos. No entanto, há um tipo de aplicativo que é muito útil para todos os vapers, o aplicativo de vaporizador.

Nem todo vaporizador de ervasvem c om ele, apenas aqueles que são considerados mais modernos, como o Firefly 2. Geralmente, o que esses aplicativos permitem é o controle completo sobre a experiência de vaporização – a temperatura exata, comprimento de sopro, intensidade de puff, e assim por diante. Essas opções extras de controle permitem que todos desfrutem de uma boa sessão de vapor.

Alguns aplicativos também informarão o desempenho do seu dispositivo. Verificar regularmente isso irá garantir que você nunca perca uma sessão de manutenção programada.

Sua experiência com vapor será melhor com um bom dichavador

Você pode ter a melhor erva, bem como um vaporizador top de linha e ainda acabar com uma experiência ruim. Dichavar a erva com os dedos nunca é uma boa solução; o resultado é uma moagem irregular que não vai cozinhar corretamente. Invista em um bom dichavador de ervas e cada sessão de vape será a melhor possível.

Moagem grossa significa grandes pedaços de ervas que não vão cozinhar corretamente, Por outro lado, uma moagem muito fina e você arrisca entupir seu fluxo de ar completamente. Experimente um pouco para encontrar o que funciona melhor para o seu vaporizador de ervas.

A cannabis não é a única erva que você pode vaporizar

Existem dezenas de ervas que você pode usar para vaporizar. Um dos mais populares é a valeriana, que algumas pessoas usam para combater a insônia. Outras ervas incluem catnip, tomilho, flor de maracujá, damiana, erva-cidreira, camomila, lavanda, sálvia, hortelã-pimenta e muito mais.

Essas ervas aromáticas podem ser usadas sozinhas, ou você pode simplesmente mistura-las. Já falamos sobre isso em outro artigo, caso queira conhecer as ervas mais vaporizadas clique aqui.