Entendendo o vape e a sua saúde mental

0
2143
Entendendo o vape e a sua saúde mental

O vape como muitas já sabem foi cientificamente comprovado como 95% menos prejudicial do que fumar. A verdadeira questão é como o uso do vape pode afetar sua saúde mental e neste artigo vamos tentar entender como o vape e a sua saúde mental podem ser afetados.

O uso do vape é viciante?

O vape em si não vicia, a menos que você adicione ou use nicotina em seu líquido. A nicotina é um estimulante químico encontrado naturalmente nas plantas do tabaco. As propriedades viciantes da nicotina são muito semelhantes às da cocaína e da heroína. Quando os fumantes dizem que são viciados em cigarros, eles estão na verdade viciados na nicotina contida no cigarro. É por isso que é importante entender o que é nicotina e como ela afeta seu cérebro. Especialmente se você for um vaper iniciante.

Quando a nicotina é inalada, ela recompensa seu cérebro com uma dose de dopamina. Esse distúrbio cerebral é chamado de vício. O vício é uma condição de saúde mental comum que todos experimentam. Para alguns é tomar uma xícara de café pela manhã, para outros, é bebe bebidas alcoólicas e para outros fumar. Embora alguns vícios sejam obviamente mais prejudiciais do que outros, a ideia ainda é a mesma. O vício é uma ação compulsiva que resulta em uma sensação boa.

Alguns vícios podem ser inofensivos, enquanto outros podem ter consequências mais graves.

O vape é ruim para sua saúde mental?

Quando falamos sobre vape e saúde mental, estamos falando especificamente sobre nicotina. Todos os outros ingredientes do líquido que você encontrará na maioria das misturas são relativamente inofensivos para seu cérebro e corpo. Isso inclui propilenoglicol (PG), glicerina vegetal (VG) e aromas. Se você está usando líquido com nicotina, deve estar ciente dos seguintes efeitos.

  • Efeito psicoativo em vários neurotransmissores em seu cérebro
  • Atinge seu cérebro dentro de 10–20 segundos após a inalação
  • Geralmente desaparece depois de duas horas
  • Não é conhecido por causar problemas de saúde mental

Como você pode ver na lista acima, a nicotina não é tão ruim para sua saúde mental. Por outro lado, o uso pode acelerar a taxa de metabolismo de alguns medicamentos antidepressivos e antipsicóticos.

O vape, a ansiedade e a depressão

A inalação de nicotina não causa ansiedade ou depressão, mas a abstinência de nicotina pode refletir os sintomas para quem j´é predisposto a ter. Se você usar o vape com nicotina repetidamente, seu cérebro se ajustará naturalmente para acomodar sua presença. Sem nicotina em seu sistema, sintomas físicos e mentais aparecerão. Isso pode incluir:

  • Nervosismo
  • Inquietação
  • Respiração irregular
  • Náusea
  • Suor excessivo
  • Constipação ou diarreia

Os sintomas de abstinência só aparecerão quando houver falta de nicotina em sua corrente sanguínea. Algumas pessoas que vivem com transtornos de ansiedade e depressão usam o vape como uma alternativa à medicação prescrita o que não é muito indicado, pois é mais um mecanismo de enfrentamento. Também não lida realmente com a verdadeira origem do problema.

Líquidos com nicotina vs Líquidos sem nicotina

Quer você escolha vaporizar com ou sem nicotina, isso não fará com que você desenvolva uma doença mental grave. Mas é sempre bom estar totalmente ciente dos riscos associados ao uso de uma substância química viciante. Estudos sugerem que pessoas com doenças mentais existentes são mais propensas a usar substâncias que causam dependência, como a nicotina, para controlar seus problemas.

O uso do vape sem nicotina é, em última análise, a opção mais segura e no Blog sempre encorajamos a todos os vapers que usam líquidos com nicotina ir reduzindo gradualmente a ingestão de nicotina até que não precise mais dela. Essa é uma das vantagens do vape comparado ao cigarro, ter a chance de ir reduzindo a nicotina até zerar.