Cigarro Eletrônico com Controle de Temperatura (TC) – Guia para Iniciantes

0
4407
Cigarro Eletrônico com Controle de Temperatura (TC)

O cigarro eletrônico com controle de temperatura também conhecido como “TC” de Temperature Control chegou para ficar. Já falamos sobre isso em outro artigo. Neste artigo falaremos um pouco mais detalhadamente, confira abaixo um pequeno guia do Cigarro Eletrônico com Controle de Temperatura (TC) para Iniciantes.

O que é “controle de temperatura” no cigarro eletrônico?

O controle de temperatura (TC) no cigarro eletrônico é uma solução tecnológica onde o usuário escolhe o limite de temperatura, tipicamente de um intervalo de 100 ° C a 315 ° C. O poder enviado para a bobina se ajusta automaticamente para manter a bobina na temperatura escolhida.

Antes do TC, a maioria dos cigarro eletrônicos só podiam ajustar watts. Agora, em 2018, o controle de temperatura é um recurso encontrado na maioria dos cigarros eletrônicos.

Como funciona o controle de temperatura?

O TC funciona porque o metal de certas bobinas aumenta sua resistência à medida que elas se aquecem. Como um vaper, você provavelmente já está familiarizado com a resistência. Você sabe que há uma bobina dentro do seu tanque ou atomizador que tem uma resistência e que se você usa qualquer Mod Box, é mostrada na tela geralmente com um sinal “Ω”.

Quando você vaporiza com Kanthal (o fio de cigarro eletrônico mais popular), esse valor de resistência não muda. Essa é uma propriedade particular do Kanthal: sua resistência é estática, independentemente de sua temperatura.

Para um cigarro eletrônico TC, você usará fios que têm um aumento conhecido de resistência à medida que sua temperatura aumenta. O Mod verifica a resistência da bobina à temperatura ambiente, então continua a monitorá-lo.

A mudança de resistência é convertida em um aumento de temperatura e o Mod ajusta sua potência para manter a temperatura selecionada. Pense nisso como um carro viajando com controle de velocidade. Para manter a velocidade, mais energia é necessária para subir uma colina do que descer uma colina, mas a velocidade continuaria a mesma.

O que você precisa para vaporizar no TC

Em primeiro lugar, um Mod Box que suporta TC. Existem diferenças entre os dispositivos, e alguns têm recursos especiais e avançados e alguns fazem um trabalho muito melhor no controle de temperatura do que outros. Lembre-se, nem todos os Mods são desenvolvidos igualmente.

Em seguida, você deve usar o tipo de fio correto. Geralmente se usa um desses quatro tipos de fios:

  • Níquel 200: mais conhecido como Ni200, foi a primeira bobina de controle de temperatura, mas é menos comum agora devido a alguns vapers com sensibilidade a ao níquel.
  • Titânio Grau 1: também conhecido como Ti. Ele funciona bem no TC, mas o usuário precisa garantir que ele não fique superaquecido.
  • Aço inoxidável: este fio é muito popular e prontamente disponível. Ele vem em vários graus, como 304, 316, 316L, 317 e 430, mas o mais comum é o SS316L. SS pode ser usado em modo de potência ou controle de temperatura.
  • Níquel ferroso: também conhecido como NiFe, vem em vários graus, como 48, 30, 52, 70 e pode ser usado em qualquer um dos modos, mas não é amplamente disponível.

Cada um desses fios tem seu próprio coeficiente de resistência de temperatura (TCR). “Um coeficiente de temperatura descreve a mudança relativa de uma propriedade física que está associada a uma determinada mudança na temperatura.”

Seu mod precisa saber o TCR específico do seu fio para enviar a potência correta para a bobina para limitar sua temperatura. E a resistência para bobinas TC pode ser muito baixa. Fios diferentes terão TCRs diferentes, até mesmo dentro de um tipo de metal. Felizmente, a maioria dos Mods TC tem predefinições para valores de TCR para Ni200, Ti e SS (316L), que são os fios TC mais populares.

Como vaporizar no TC

Coloque seu mod no modo TC e selecione o tipo de fio correspondente para as bobinas que você tem. Se o mod tiver um TCR, você pode inserir o valor exato do TCR. Instale a bobina normalmente, mas tome cuidado para garantir que ela esteja bem apertada, tanto quanto possível.

No caso de reconstruções, certifique-se de que os condutores estejam presos com firmeza. Em seguida, coloque o atomizador ou tanque no Mod e, novamente, certifique-se de que ele esteja apertado o máximo possível. Verifique se a resistência está lendo com precisão e bloqueie a resistência (normalmente pressionando os botões +/-).

Se você estiver usando um atomizador recontruível, o aço inoxidável é o único material da bobina TC que pode ser queimado a seco, se necessário, mas usa potências mais baixas do que o que você usaria para Kanthal ou Ni80.

Melhor temperatura para vaporizar o seu e-líquido

As temperaturas comuns estão na faixa de 200 ° C a 250 ° C.  Ajuste a temperatura para cima ou para baixo, se necessário. Como na maioria dos casos, seu ponto ideal será subjetivo. Como você quer vaporizar seu e-líquido é sempre pessoal.

Ao vaporizar em TC, se você notar qualquer ressecamento quando estiver com pouco e-líquido, ajuste a temperatura para baixo. Se o seu Mod tem um controle de potência, você também pode ajustá-lo. Lembre-se de que as bobinas TC geralmente têm resistência muito baixa e uma energia razoável é necessária para aquecê-las efetivamente.

As vantagens do controle de temperatura

  • Evita ‘tragos” secos ou com gosto de queimados: há várias maneiras de evitar, mas uma vantagem importante para o TC é que ele faz isso por você. No modo TC, se o algodão secar, a temperatura começará a subir e, portanto, a proteção da temperatura cortará imediatamente a energia para compensar.
  • Vida útil da bobina e algodão: evitar “tragos” ruins significa não aquecer a bobina e não chamuscar o algodão; é o chamuscado que tem um gosto tão ruim. As bobinas TC podem durar mais que as bobinas normais no modo de energia, e os algodões duram muito mais, porque eles não estão excedendo a temperatura designada necessária para uma boa vaporizada.
  • Vida útil da bateria: como os cigarros eletrônicos TC usam apenas a energia necessária para manter a sua bobina na temperatura correta, estima-se que um cigarro eletrônico TC use 1,5 vez menos energia.

Os contras do controle de temperatura

  • Pode ficar complicado: De um modo geral, o modo de energia (watts) é geralmente mais simples e intuitivo para se trabalhar. Basta definir sua potência e vaporizar. O controle de temperatura requer algumas tentativas e erros.
  • Limitações do Mod: Nem todos os Mods são bons Mods do TC. De fato, muitos dos Mods produzidos em massa e mais baratos não são projetados com TC em mente e virão com várias limitações e defeitos.
  • Limitado a certos materiais: Embora o aço inoxidável ainda seja popular, a maioria dos tanques não vem com bobinas prontas para TC. Se você quer vaporizar em TC e não está interessado em construir suas próprias bobinas, a verdade é que suas escolhas são limitadas.

Conclusão

O cigarro eletrônico com controle de temperatura pode ser uma experiência incrível. Ele fornece a segurança e consistência que falta a um cigarro eletrônico normal. Ninguém gosta de “tragos” secos ou queimados, ou cigarros eletrônicos que ficam muito quentes com vaporizadas longas.

O cigarro eletrônico TC resolve isso. Embora ainda não seja tão popular para usar como modo de potência regular, novos dispositivos estão tornando o TC muito mais fácil de usar. Quem sabe, no futuro, o controle de temperatura pode ser a principal característica de todos os cigarros eletrônicos.

Confira alguns dos melhores Box Mod com Controle de Temperatura (TC) clicando aqui.