7 dicas para melhorar o sabor do seu juice

0
11668
7 dicas para melhorar o sabor do seu juice

Provavelmente você verá muitos artigos com dicas de como ter grandes nuvens de vapor e poucos sobre como maximizar o sabor do seu juice, se você é vaper e sente falta daquele gosto a mais no líquido do seu vape confira neste artigo 7 dicas para melhorar o sabor do seu juice.

Dica 1 – Melhores configurações de potência e temperatura

Vape Mod System: Conheça os tipos de modos avançados

Ajustar suas configurações é a maneira mais simples de melhorar o sabor que você obtém do seu juice.

Aromas específicos vaporizam em diferentes temperaturas, e sua configuração (em combinação com a resistência da bobina) determina o quão quente sua bobina fica. Para caçadores de sabores, este é o principal benefício de ter um dispositivo de voltagem / potência variável.

O melhor conselho é começar com configurações mais baixas e ir subindo até atingir o “ponto ideal”. Cada e-líquido tem seu próprio ponto ideal, então você precisará experimentar cada sabor. Um líquido pode ter seu melhor sabor com 20W, enquanto outro pode com 35 W.

A temperatura da bobina é um fator crucial. Aparelhos do tipo Mod System com controle de temperatura, limitam a temperatura máxima da bobina, o que os torna perfeitos para vapers que querem maximizar o sabor do líquido. O processo de encontrar o ajuste certo é o mesmo – comece com temperaturas baixas e aumente conforme necessário, o resultado é um vapor com sabor mais consistente.

Dica 2 – Reduza seu fluxo de ar (Airflow)

7 dicas para melhorar o sabor do seu juice - Airflow

Para vapers que curtem grandes nuvens de vapor, um grande fluxo de ar é um fator importante. Quando você tem muito ar passando pela bobina, o vapor fica menos denso, mas se espalha para produzir nuvens gigantes. A desvantagem disso é que isso também reduz o sabor.

Para vapers que querem um sabor mais aprimorado, fechar o fluxo de ar é a melhor abordagem. Isso produz um vapor mais denso e quente que carrega muito mais sabor. Os sistemas de fluxo de ar ajustáveis ​​em atomizadores tornam isso fácil de conseguir.

No entanto, é importante obter o equilíbrio certo. Se o seu fluxo de ar estiver muito fechado, você terá uma produção pobre de vapor e o vapor pode estar muito quente. Como com a configuração de potência da dica 1, comece com um fluxo de ar bem fechado e abra aos poucos o fluxo de ar até atingir o equilíbrio ideal para o seu paladar.

Dica 3 – Escolha sua bobina com cuidado

Quanto dura a bobina do cigarro eletrônico

O tipo de bobina também conhecida como coil que você escolhe tem um grande papel na quantidade de sabor que você obtém do seu vape. A preferência pessoal tem um grande papel a desempenhar, mas algumas regras gerais podem ajudá-lo a obter o melhor sabor.

O fator crucial é o diâmetro da cabeça do atomizador. A tendência para bobinas de diâmetro interno maiores leva a mais fluxo de ar através da bobina e pode reduzir o sabor como resultado. Portanto, na maioria dos casos, é melhor escolher um tanque sub-ohm com uma bobina de diâmetro menor, se possível. Essas bobinas (e os tanques que as utilizam) costumam ser descritos como MTL.

No entanto, eles nem sempre são fáceis de encontrar, então dispositivos com bobinas menores, mesmo que não seja sub-ohm, ainda são melhores quando se trata de sabor.

Para muitos vapers que buscam sabores, no entanto, os atomizadores reconstruíveis oferecem a melhor experiência. É um pouco mais prático, mas se você se sente confortável em fazer suas próprias bobinas, definitivamente vale a pena considerá-las. Eles oferecem um nível de personalização em relação à sua experiência de vaporização que você não consegue com nenhum outro dispositivo.

Dica 4 – Materiais de absorção e fios de resistência

Qual o melhor algodão para cigarro eletrônico

O material que você usa para o seu pavio pode ter um grande impacto no sabor que você obtém. As mechas de sílica costumavam ser o padrão para cigarros eletrônicos, mas diminuem o sabor do líquido. Essa é uma das razões pelas quais o algodão agora tomou seu lugar como o material absorvente na escolha dos vapers.

As bolas de algodão orgânico costumavam ser a opção certa, mas há muito mais opções para mechas de algodão atualmente. O algodão orgânico japonês é agora o mais recomendado. Você pode comprá-lo em folhas quadradas. Tem um sabor mais limpo e também tem uma ótima capacidade de absorção.

Explore as opções, mas de modo geral, qualquer algodão de alta qualidade proporcionará um sabor superior. Já fizemos um artigo falando sobre os melhores algodões para seu vape, se quiser ler a respeito clique aqui.

Assim como o material absorvente, a outra parte do seu atomizador que está intimamente envolvida no processo de vaporização é o fio de resistência. Felizmente para os vapers que buscam o sabor, Kanthal ainda é o material de bobina mais usado e dá um sabor limpo e natural do seu líquido.

A maior mudança nos últimos anos é a introdução do controle de temperatura. Isso trouxe novos tipos de bobinas, notadamente níquel (Ni200), aço inoxidável e titânio. O níquel tem um desempenho tão bom quanto o Kanthal em termos de sabor, mas o aço inoxidável e o titânio podem adicionar um componente ligeiramente metálico ao sabor.

A diferença com outros materiais não será muito grande, mas se você notar que o sabor do líquido não está bom quando você muda para um dispositivo de controle de temperatura, o fio de resistência da bobina pode ser o culpado.

Dica 5 – Experimente juices com PG maior

PG vs VG no juice

A maioria dos vapers desenvolve uma preferência pela proporção PG / VG de seus líquidos ao longo do tempo. Vapers que gostam de grandes nuvens de vapor tendem a preferir líquidos com alto VG, porque eles produzem vapor mais espesso e nuvens maiores. No entanto, se você está procurando maximizar seu sabor, líquidos com alto VG não são os mais indicados.

O problema é que, embora o VG seja quase sem gosto, ele tem um leve toque de doçura e não carrega o sabor tão bem quanto o PG. É por isso que os aromas concentrados vêm misturados em PG, não VG.

Portanto, a escolha de líquidos com PG superior geralmente leva a um sabor melhor. A desvantagem é que o PG produz impacto na garganta, e escolher uma proporção muito alta pode facilmente tornar a vaporização muito forte para sua garganta.

Uma proporção de 50/50 provavelmente é o ideal para a maioria dos vapers. Este ainda oferece ótimo sabor, com excelente produção de vapor e um golpe de garganta mai suave. Mas você pode usar com 60 ou mesmo 70% de PG se quiser um sabor ainda melhor.

Se quiser entender melhor sobre a porcentagem de PG/VG do seu juice clique aqui.

Dica 6 – Mantenha seu tanque, bobina e algodão sempre limpos

Como limpar bateria do cigarro eletrônico

Bobinas novas e limpas proporcionam um sabor melhor, os líquidos têm melhor sabor em tanques, bobinas e algodões novos e limpos.

Portanto, você não precisa enxaguar a bobina ou trocá-la após cada mudança de sabor, mas depois de um ou dois dias de uso, o sabor começará a diminuir. Ocasionalmente, o enxágue dos atomizadores pré-fabricados estende sua vida útil e melhora o sabor.

Para limpar basta desmontar o tanque, enxaguar os componentes em água quente e dar-lhes bastante tempo para secar. Deixar as cabeças do atomizador até que as mechas estejam completamente secas (24 horas geralmente é o suficiente), então é uma boa ideia ter outra bobina para usar enquanto está secando.

Se você usar atomizadores reconstruíveis, você pode mudar seu algodão facilmente, então fazer isso com cada mudança de sabor é mais viável. Para dicas mais detalhadas sobre limpeza clique aqui.

Dica 7 – Cuide do seu juice

Erros comuns de quem esta iniciando no vape

Finalmente, o próprio líquido pode ser o culpado. Armazenar corretamente seu e-líquido é importante, porque os sabores podem degradar com armazenamento insuficiente. Mantenha seus juices longe do calor e da luz e minimize sua exposição ao ar livre para mantê-los em excelentes condições.

Alguns juices também se beneficiam da “maceração”. É como o vinho envelhece com o tempo e melhora o sabor – permitir que o juice envelheça pode realmente trazer notas de sabor. Existem muitas abordagens para a maceração, mas todas elas têm dois elementos comuns. A maior parte da maceração envolve deixar o líquido em um local fresco e escuro e ocasionalmente sacudir a garrafa. O outro ponto é deixar seu líquido “respirar” (por curtos períodos) abrindo a tampa.

Porém, não é necessário macerar todos os juices, e os resultados nem sempre são os que você esperava. No entanto, se você quiser o melhor sabor, é algo a experimentar.